Browse By

Semimecanização é alternativa para suprir falta de mão de obra na lavoura cafeeira em Rondônia

A colheita semimecanizada tem sido uma das alternativas para os cafeicultores familiares, que, além dos benefícios apresentados, estão suprindo a carência de mão de obra, um dos maiores entraves para o desenvolvimento da produção.
Para apresentar os avanços obtidos com a inserção tecnológica, os parceiros Emater, Embrapa e Sebrae de Rondônia, realizarão na próxima quinta-feira (14), no Centro de Treinamento da Emater, em Ouro Preto do Oeste, um Workshop de Colheita Semimecanizada de Café Canéfora (conilon e robusta): tecnologias para a melhoria da qualidade e redução dos custos. O evento será realizado em duas etapas, sendo uma teórica, com apresentação das tecnologias para a colheita semimecanizada; e a outra prática, quando empresas apresentarão as tecnologias de suas máquinas.

Interessados

Para participar do workshop, o agricultor deverá se inscrever gratuitamente, no local. Podem participar produtores, técnicos, gestores públicos, estudantes e demais interessados no tema.

Tecnologia

A Emater deverá levar cerca de 200 cafeicultores, dos dez maiores municípios produtores de Rondônia, para participar do evento. “É uma oportunidade para eles conhecerem a tecnologia e sanar dúvidas”, disse Janderson Dalazen, gerente técnico da Emater-RO.
Durante o evento, técnicos da Emater também estarão elaborando propostas de financiamento para agricultores interessados na aquisição das máquinas.

Colheita

No caso da semimecanização, o produtor intercala serviço manual e máquinas. É um sistema que vem crescendo no estado e muitos produtores têm demonstrado interesse em aderi-lo.

Deixe uma resposta