Browse By

Confúcio Moura visita obra do anel viário, em Ji-Paraná, e pede agilidade na conclusão

O governador Confúcio Moura pediu mais pressa na construção do anel viário em Ji-Paraná, durante vistoria que fez na obra na última quarta-feira (10). “A população não suporta mais esperar”, disse o governador, diretamente ao diretor geral do Departamento de Estradas, Rodagens, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER), Ezequiel Neiva.
Apesar de a rodovia ser federal, o governo estadual assumiu a construção da estrada e está investindo R$ 18 milhões em recursos próprios. A execução do serviço está por conta do DER. “Estamos com várias frentes de trabalho e atuando dia e noite para atender a determinação do governador”, disse o diretor do órgão, anunciando que pelo menos a metade da estrada deve ficar pronta ainda esse ano.
A construção do anel viário é uma aspiração da população de Ji-Paraná e já dura duas décadas. A via tem 13,5 km e vai desviar o tráfego de carretas, caminhões e bi-trens das vias urbanas da cidade.

Estimativas

Em média, 1.400 veículos pesados passam diariamente por Ji-Paraná no auge da safra de soja, segundo estimativas dos órgãos federais instalados na cidade.

Inquestionável

O diretor Ezequiel Neiva explica que a pista de rolamento será de 18 metros de largura, incluindo o acostamento, que terá condições de servir como pista de rolamento para os veículos. “A qualidade da obra é inquestionável. Estamos preparando a base e sub-base para receber o asfalto que será todo produzido na usina de asfalto do governo em Ji-Paraná”, ressalta Neiva.
“Nosso objetivo é entregar essa obra o quanto antes. Enquanto o clima seco favorecer no andamento da obra, as equipes do DER estarão acelerando os serviços de construção dessa importante estrada, não só pra Ji-Paraná, mas para Rondônia”, frisou o governador Confúcio Moura.

Deixe uma resposta