Browse By

Equipe do IFRO busca talentos na aldeia Betel

Uma equipe de pesquisadores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) visitou a comunidade indígena da etnia Paeter Surui da aldeia Betel, na quinta-feira. Localizada na Linha 38 distante a 78 km de Espigão do Oeste em direção ao Mato Grosso, a aldeia Betel tem na sua liderança o Cacique Miguel Surui que após prévio contato com a equipe, autorizou a visita dos pesquisadores na aldeia.
Na comunidade a equipe formada pelo professor Doutor em Geografia pela PUC/RJ, Alexandre de Oliveira, Doutora em Geografia pela UF/PR, professora Xênia de Castro, Mestre em geografia, professor Thiago, aluna do IFRO/RO, Fernanda Kellen e o cinegrafista Maykon foram recebidos pelo líder da comunidade Manoel Surui que em nome dos demais moradores da aldeia Betel deu as boas vindas aos visitantes.
O objetivo é a realização de um projeto de extensão “Canto da Juventude” onde estarão participando jovens indígenas do campo e da cidade.

Talentos

Segundo o professor Alexandre que também é maestro do coral do IFRO, o objetivo é descobrir a musicalidade das comunidades do interior e posteriormente trabalhar esses talentos que estarão participando da gravação de um CD musical onde serão apresentadas as musicas culturais de cada região e comunidade.
Imediatamente o velho líder conversou com os demais moradores na sua língua materna (Tupi Mondé) explicando o motivo da visita da equipe. Quebrado o gelo do primeiro momento, o líder Manuel deu início a demonstração de cantos da cultura Paeter Surui. Em seguida vários outros se manifestaram o seu talento cantando canções que fazem parte da cultura Surui. O primeiro contato da equipe com a comunidade foi bastante positivo afirmou a líder da equipe, professora Xênia de Castro.

Deixe uma resposta