Browse By

Provadores especialistas qualificarão melhor café do Estado de Rondônia em concurso

Provadores de café qualificados, controlados e profissionalmente treinados estarão em Rondônia amanhã para avaliar e qualificar a melhor bebida de café produzido em Rondônia. Certificados pelo Coffee Quality Institute (CQI), uma das mais importantes entidades do mercado de cafés de qualidade do mundo, os Q-Graders, como são denominados os especialistas, estarão na Cabana do Peixe, na Gleba 7, lote 80B, no município de Cacoal, avaliando e pontuando 20 amostras de café selecionadas para o Concurso de Qualidade do Café de Rondônia. Esta será a primeira vez que os Q-Graders vêm a Rondônia. O termo pode ser traduzido como “avaliador Q”, de qualidade e pertence ao Q-Grader System, desenvolvido pelo Instituto de Qualidade do Café (CQI).
Com o objetivo de buscar uma maior qualidade cafeeira, os Q-Graders analisam minuciosamente cada etapa do preparo da bebida do café. Para isso eles receberão as 20 amostras de grãos crus selecionados pela Idaron, das 184 encaminhadas inscritas no 1º Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café Canéfora do Estado de Rondônia.
As amostras passarão por processos criteriosos que vão desde a torra do grão cru até o preparo da bebida pelos próprios Q-Graders, a fim de que todos os grãos tenham o mesmo processo de preparo. Após esse processo, cada bebida será avaliada e receberá uma pontuação que será reconhecida mundialmente.
No dia 18, em Cacoal, serão conhecidos apenas os dez finalistas do Concurso. O resultado final será revelado no dia 14 de setembro, em Porto Velho, quando serão apresentados os três melhores cafés em qualidade e o melhor em sustentabilidade do Estado de Rondônia.

Expectativa

O Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café Canéfora do Estado de Rondônia é uma realização do governo estadual por meio da Seagri, Emater e Idaron, Embrapa e Câmara Setorial do Café de Rondônia com o intuito de promover a melhoria da lavoura cafeeira. Lançado inicialmente como incentivo aos cafeicultores rondonienses, o evento tomou promoções além da expectativa dos organizadores e caminha para fazer parte do calendário oficial do Estado.
No curto período de inscrição, 184 amostras foram e encaminhadas para análise de classificação. Dessas amostras, 20 foram selecionadas, considerando-se critérios como: dimensões, cor e menos defeito, e desses apenas dez serão classificados para a etapa final.

Deixe uma resposta