Browse By

Artesanato ganha destaque como importante fonte de renda e atividade econômica

Rondônia atualmente lidera o índice de cadastramento de artesãos e trabalhadores manuais dentro do Programa do Artesanato Brasileiro –PAB. A informação é do próprio PAB, responsável pela emissão da Carteira Nacional do Artesão, que oferece diversos benefícios para quem trabalha e vive do segmento.
Crescimento
O setor passa por grande desenvolvimento com potencial de crescimento. Somente no Estado, em 2016, mais de 700 artesãos já foram cadastrados e estão sendo incluídos em grandes feiras locais e nacionais, como a Feira dos Estados em Brasília, Brasil Original (SP), Minhas Raizes (RJ) e a maior feira de artesanato da América latina, a Fenearte (PE).
Surgimento
A coordenadora estadual de Artesanatos, Wéllida Sodré, conta que os cadastros têm incentivado o surgimento de feiras também no interior do Estado. “Já estão surgindo feiras de artesanato em municípios como Cacoal, Ji-Paraná e já temos o projeto também de uma na Capital”, disse Wéllida.
Ela destaca que o aumento dos cadastros trouxe outros benefícios para os artesãos. “Por meio do projeto Sejucel Itinerante, cadastramos mais de 200 indígenas na Aldeia Suruí em Cacoal e isso nos permite conhecer um pouco mais da nossa cultura, além de movimentar a economia e gerar empregos no Estado”.

Deixe uma resposta