Browse By

Coordenação Estadual do Tabagismo promove Corrida Literária Contra o Fumo e premia os melhores textos

Com o tema “Cigarro, veneno usado por muitos”, Mariana Fernandes, 12 anos, aluna do 6º ano da Escola Dom Pedro I, em Porto Velho, foi a primeira colocada na Corrida Literária Contra o Fumo, promovida pela Coordenação Estadual do Tabagismo em parceria com a Gerência de Programas Estratégicos de Saúde (GPES), da Sesau.
Na categoria 9º, a vencedora foi Maria Fernanda, da Escola Tiradentes da Polícia Militar. No total, 22 escolas participaram da corrida contra o fumo, totalizando 4200 alunos do 6º e 9º do ensino fundamental da rede estadual de ensino. Trata-se de um projeto piloto, desenvolvido pela Sesau em parceria com a Secretaria Estadual de Educação, por meio do Programa de Saúde na Escola (PSE).
Durante dois meses, foram feitas palestras e exibição de vídeos tratando sobre os males causados pelo fumo, e os efeitos nocivos da nicotina e de mais 400 substâncias químicas encontradas no cigarro.
O trabalho foi coordenado pela enfermeira Cremilda Queiroz. Em média, 220 adolescentes por unidade escolar, em dois turnos foram contemplados com as palestras didáticas sobre o tabagismo. Cada escola indicava seus representantes. Uma comissão fez a avaliação final e apontou os vencedores em sua categoria. A entrega dos prêmios – notebook, smartphones, celulares, bicicletas e troféus -, aconteceu na sexta-feira (16), no auditório da Escola Carmela Dutra, em Porto Velho.
Evento
O evento contou a participação de representantes das secretarias de Saúde e de Educação, além de professores, diretores, familiares e selecionados para a fase final. Para
Mariana Fernandes, 12 anos, que venceu na categoria 6º ano, o projeto é excelente e tem um olhar no futuro, já que buscar conscientizar uma geração que a maioria não teve contato com o cigarro. Isso, segundo ela, é mais importante. “É muito mais fácil convencer quem não fuma a não fazer uso do tabaco do que eliminar o vício de quem já fuma há muitos anos”, avalia.

Deixe uma resposta