Browse By

Capacitação de agentes do Detran visam conscientizar condutores para melhorar estatísticas

Agentes do Departamento Estadual de Trânsito do Estado de Rondônia (Detran-RO) participaram na manhã desta sexta-feira (23) de palestra intitulada “Vocês que mudam as estatísticas no trânsito”, ministrada pelo palestrante de Belo Horizonte (MG), Ronaro Ferreira, que afirmou que o agente de trânsito é capaz de fazer o seu trabalho no dia a dia e ao mesmo tempo conscientizar o cidadão, o que vai reduzir as estatísticas negativas no trânsito.
“Se vai autuar o condutor que estacionou o veículo na esquina, ele tem que explicar ao cidadão porque o carro não pode ficar estacionado ali, pois vai atrapalhar o raio de giro do ônibus”, justificou o palestrante para a importância de se dizer o porquê das infrações.
Cuidados
Segundo Ronaro Ferreira, o agente de trânsito deve planejar a sua ação de trabalho, pois sua presença na rua consegue impor ao condutor maiores cuidados.
Entretanto, quando a ação impõe uma presença mais forte, atuante, conversando com o cidadão e explicando que ele está sendo multado porque não estava usando o cinto de segurança e que aquele mecanismo é importante para a sua segurança, caso envolva-se em um acidente de trânsito, o efeito é mais positivo. “Com certeza aquele condutor passará a usar o cinto de segurança, e desta forma o agente consegue reduzir as estatísticas negativas de trânsito”, afirmou.
Qualificação
O diretor-geral do Detran-RO, José Albuquerque, disse que as ações desenvolvidas durante a Semana Nacional de Trânsito são importantes para conscientizar a população como um todo e, ao mesmo tempo, para qualificar os profissionais que trabalham nesta área. “Existe uma preocupação muito grande quanto ao índice de acidentes de trânsito em todo mundo, tanto que a Organização Mundial de Saúde (OMS) estabeleceu de 2011 a 2020 a década de preservação da vida”, disse.
Trabalho é a médio e longo prazo
PrintDe 2014 para 2015 houve redução de 22,3% no número de acidentes em Porto Velho. A redução do número de acidentes com vítimas fatais foi de 32,2 % no mesmo período na capital. No mesmo período em todo o Estado a redução foi de 20%. Em 2014, 493 pessoas perderam a vida em acidentes de trânsito em Rondônia, desse total, 37% foram registradas nas rodovias estaduais e federais.
Diretor-geral José Albuquerque disse que em 2014, 493 pessoas perderam a vida em acidentes de trânsito em Rondônia
Índices
José Albuquerque afirmou que a conscientização é um dos caminhos para reduzir os altos índices de acidentes de trânsito. Durante a Semana Nacional de Trânsito, o Detran de Rondônia realizou várias atividades, entre as quais palestras educativas nas escolas das redes estadual e municipal. “Temos que educar as crianças para um trânsito mais pacífico e educado, mas esse é um trabalho a médio e longo prazos que irá refletir daqui a 10 ou 15 anos”.
Outra medida destacada pelo diretor foram os investimentos na informatização do órgão, que reflete na melhor formação do novo condutor, como a biometria nos centros de formação de condutores. “O aluno precisa frequentar as aulas, pois existe um controle de sua presença, caso contrário não consegue fazer as provas e tirar a CNH [carteira Nacional de Habilitação]”, afirmou.

Deixe uma resposta