Browse By

Semusa promove capacitação para servidores do município com o objetivo de ampliar o tratamento e combate ao tabagismo em Porto Velho

O tabagismo é uma das maiores dependências em todo o mundo. Dados comprovam que cerca de 10% da população brasileira com idade de 12 a 65 anos são dependentes de tabaco. Diante desse problema nacional, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), por meio da Coordenação Municipal de Controle do Tabagismo, capacita profissionais da Unidade de Saúde da Família Ronaldo Aragão, no bairro Nacional. O treinamento acontecerá em três encontros, que começaram no dia 21/10 e também acontecerá nos dias 4/11 e 18/11.

A ação está sendo coordenada pela psicóloga Dioneia Martins e o enfermeiro Ademir Pereira, chefe de divisão de saúde mental. Dioneia explica que essa capacitação consiste em descentralizar o tratamento do tabagismo que, atualmente, é ofertado somente no Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CapsAD) na zona leste de Porto Velho. “A proposta da equipe de saúde mental é expandir e viabilizar acesso nas regiões Norte e Sul, portanto, em breve ampliaremos os atendimentos, esclarece a coordenadora.

Além da descentralização do programa, o objetivo também é facilitar o acesso aos serviços para a comunidade dessas regiões, principalmente gestantes e pacientes cardíacos. Ademir Pereira informa que, ao final da capacitação, os profissionais estarão aptos para o atendimento e a Divisão de Saúde Mental do município dará todo suporte necessário até a consolidação dos trabalhos.

O cigarro contém a nicotina, que causa dependência química e dificulta que o fumante pare de consumir o tabaco. Especialistas dão dicas para quem quer parar de fumar, o mais importante é escolher uma data para ser o primeiro dia sem cigarro. Este dia não precisa ser de sofrimento. Uma dica é fazer com que esse dia se torne um momento especial, podendo programar algo que goste de fazer para se distrair e relaxar.

Existem diversos métodos para se deixar de fumar. Uma delas é a parada imediata, aquela que você marca uma data e nesse dia não fumará mais nenhum cigarro, não é fácil, porém deve ser a sua primeira opção.

A segunda forma é a Parada Gradual, esse método pode ser utilizado de duas formas:

forma: reduzindo o número de cigarros.
Por exemplo: Um fumante de 30 cigarros por dia, no primeiro dia fuma os 30 cigarros usuais. E nos outros dias:

►2º dia = 25
►3º dia = 20
►4º dia = 15
►5º dia = 10

►6º dia = 5

O 7º dia seria a data para deixar de fumar e o primeiro dia sem cigarros.

2° forma: adiando a hora do primeiro cigarro.

Por exemplo: no primeiro dia você começa a fumar às 9 horas. E nos outros dias:

►2º dia = 11h
►3º dia = 13h
►4º dia = 15h
►5º dia = 17h
►6º dia = 19h

O 7º dia seria a data para deixar de fumar e o primeiro dia sem cigarros

Não vai ser fácil parar de fumar, mas você vai conseguir! No começo, você vai achar complicado evitar o cigarro, mas não desista O seu corpo vai sentir falta da droga, no caso a nicotina, pois ela gera a dependência. Alguns sintomas podem aparecer nas duas primeiras semanas, o que é um sinal de que seu organismo está voltando ao funcionamento sem nicotina.

Deixe uma resposta