Browse By

Blitz educativa em Porto Velho orienta condutores sobre talonário eletrônico

A Prefeitura de Porto Velho realizou na manhã desta quinta-feira, 27, na avenida Jatuarana, zona sul da cidade, uma blitz educativa para dar conhecimento aos condutores de veículos sobre o RS Mobile, o chamado Talonário Eletrônico. A blitz foi realizada pelos agentes da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (Semtran).

O RS Mobile é uma ferramenta criada para agilizar o processo de autos de infração registrados por agentes de trânsito. Substituindo o talonário em papel, o software reduz o tempo gasto no registro do auto, facilita o envio dos dados para a central de trânsito e diminui consideravelmente o tempo hábil de envio das notificações.

O equipamento é usado principalmente para consultar a placa de veículos, obter informações sobre a Carteira Nacional de Habilitação e para fazer autuações. O aplicativo, disponibilizado por meio de aparelho celular, capta as informações automaticamente, consolida os dados de maneira ágil e precisa, facilitando o trabalho dos agentes de trânsito.

Antes um agente gastava cerca de um minuto para lavrar um auto de infração, em formulário de papel, que levava cerca de 10 dias para ser processado. Com o talonário eletrônico o agente leva somente 15 segundos para fazer uma autuação, que é processada automaticamente em 24 horas.

Conforme o chefe do Departamento de Educação para o Trânsito da Semtran, Valbio Carvalho, o sistema, que passará a valer a partir de novembro, agregará valor ao trabalho da fiscalização, tornando o processo de autuação mais eficiente – pela pequena chance de erro – além da agilidade, precisão e efetividade.

“O sistema online disponível no talonário eletrônico também evita alguns erros que não seriam detectados sem essa tecnologia, como por exemplo, uma carteira de habilitação falsa”, afirmou. Outra vantagem, é que o talonário eletrônico é georreferenciado.

Os agentes de trânsito também receberão simultaneamente o registro das infrações (o que, quando e onde), o que permitirá que outros servidores auxiliem em casos de necessidade. O aplicativo também tirará foto da infração para ser anexada nos autos como prova da ocorrência.

Deixe uma resposta