Browse By

Hospital Municipal de Ji-Paraná registra, até outubro, marca histórica de 250 mil atendimentos

O Hospital Municipal de Ji-Paraná já atendeu mais de 250 mil pessoas neste ano de 2016. Os números foram levantados pela direção hospitalar e levam em consideração apenas os atendimentos realizados até o mês de outubro.

A estimativa é que até o final deste ano, a quantidade de pessoas atendidas ultrapasse 270 mil. A crescente marca, deve-se ao grande número de pacientes vindos de outros municípios. Ji-Paraná é polo regional de 17 cidades, porém desde o início do ano outras cidades que compõem outros polos regionais de saúde também tem encaminhado seus pacientes para realizarem tratamento no Hospital Municipal.

Conforme o diretor do Hospital Municipal de Ji-Paranaá, Dr Antelmo Ferreira, a demanda passou a aumentar, após os investimentos feitos pela Prefeitura de Ji-Paraná na compra de vários equipamentos para colocar em funcionamento o Centro de Imagens. Os investimentos somente no ano passado passam de R$ 4 milhões.

Equipamentos

Foram adquiridos o aparelho de tomografia, raio-X digital, raio-X móvel e o ultrassom, além de outros equipamentos como autoclaves, respiradores mecânicos, inaladores e um arco cirúrgico. Como os outros municípios não oferecem esses atendimentos, os pacientes de toda essa região são encaminhados para o nosso hospital.

Realização

São aproximadamente 21 mil atendimentos por mês. Os atendimentos de urgência e emergência do pronto socorro, somados os atendimentos pediátricos e adultos, chegaram a 12 mil pacientes.  Mas há ainda há uma grande procura por exames de imagens e exames laboratoriais, sendo atendidos cerca de 3200 pacientes por mês, com a realização de mais de 7.500 exames. No Raio-X são atendidos por mês mais de 2700 exames. Na maternidade do HM de Ji-Paraná nascem por mês cerca de 180 crianças, 65% deste número são de cidades vizinhas.

As demandas das outras cidades são desafogadas em Ji-Paraná, o que cria um inchaço no atendimento do HM. De acordo com Altemo Ferreira, o HM conta com 63 médicos nas especialidades de pediatria, cardiologia, clínica geral, neurologia, obstetrícia e ginecologia, anestesiologia e ortopedia, mas hoje todas essas áreas estão sobrecarregadas.

Deixe uma resposta