Browse By

Pecuaristas têm até terça para declarar vacinação à Idaron

O prazo para declarar a vacinação contra a febre aftosa nos bovinos e bubalinos encerra-se na próxima terça-feira (22). Para fazer a declaração, o produtor deve ir a uma unidade da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron) com a nota fiscal de compra da vacina e a relação do rebanho, separado por faixa etária e sexo.

De acordo com a Idaron, a expectativa é que mais de 13,5 milhões de bovídeos tenham sido vacinados. Até a manhã desta sexta-feira (18) foram declarados vacinados mais de 11,5 milhões animais, correspondendo a 87% do rebanho existente no estado, pertencente a mais 80 mil produtores rurais.

Comparação

Ainda segundo a Agência, esta Etapa de Vacinação está ocorrendo conforme o esperado em comparação com as campanhas anteriores. “O produtor vacinou e tem comprovado na Idaron, mostrando que já está consciente da importância de imunizar os animais”, disse o diretor executivo da Idaron, Avenilson Trindade.

Os produtores rurais que não declararem a vacinação estão sujeitos a multa de R$ 152,72 por propriedade. Caso o pecuarista não tenha vacinado, além da multa de R$ 15,72 por animal não vacinado, ele deverá imunizar os animais com a presença de um técnico da Idaron.

“Até outubro, nós exportamos mais de 100 mil quilos de carne bovina para mais de 20 países. Nossa carne chega a quase todos os continentes do mundo”, disse Trindade, ressaltando a importância da pecuária bovina para o estado.

Deixe uma resposta