Browse By

Cacoal faz balanço do desenvolvimento da indústria e comércio

Através da Lei Nº 3706/PMC/16 sancionada pelo prefeito Francesco Vialetto, que autoriza a doação de mais 12 terrenos para as instalações de empresas e integra o Projeto de Expansão do Parque Industrial, o município deverá na próxima semana realizar processo licitatório. A área destinada possui 33 mil metros e fica no Loteamento Residencial Colina Park.”Nós investimos na lei de incentivo fiscal, e agora, além dos terrenos, o empresário também terá incentivos para construir”, disse o prefeito.

Durante seu discurso o Secretário Municipal de Indústria, Comércio e Turismo, Gustavo Reis afirmou o objetivo é fomentar a economia local e contribuir para a geração de emprego. Saímos com sensação de dever cumprido pois, entregamos Cacoal com mais empregos, leis e incentivos”, afirma o secretário. Gustavo avalia que a instalação do Pólo Industrial, representa a confiança dos empresários na política de atração de novos investidores para o Estado. “A licitação vai contemplar empresar locais e também as empresas de fora que geraram mais renda e empregos para o município. Temos muitas empresas querendo investir aqui e essa é a hora”, explica.

Representando o poder legislativo, o vereador Jabá Moreira (PRP) destacou na ocasião o fortalecimento do comércio. “Temos um comércio forte e pujante. Considerado a Capital do Café, o município é hoje muito mais reconhecido por ser um pólo universitário, de saúde e também comercial. Sem dúvidas Cacoal é o melhor lugar para se viver”, assegura o vereador.

Nossa necessidade

Para a presidente da Associação Comercial e Industrial de Cacoal (Acic), Daniela Bianchini, a expansão representa o desejo de cada empresário. “Lutamos muito por isso e precisamos nos unir mais e estar próximos ao poder público, que soube entender nossa necessidade. É apenas o começo para tantos empreendedores. Cacoal vai se tornar uma cidade segmentada. Através do Pólo vamos fomentar a indústria, o comércio e os serviços e consequentemente a economia local”, declara Daniela.

Expansão

O vice-presidente da Fiero, Osvaldo Rosalino, disse que a expansão será um marco para a história de Cacoal. “Era o que faltava para alavancar ainda mais o potencial do nosso município. Já temos um pólo de confecções forte e atuante e agora com a oportunidade de expandir para outros setores”, acredita Rosalino destacando o desempenho positivo do setor industrial como um início de estabilidade e crescimento no setor para a região. O procurador geral do município Itamar Neris explicou sobre a Lei do Microempresário e seus benefícios para a economia local e estiveram representados na reunião também o Sebrae e o Senai.

Deixe uma resposta