Browse By

Mais 120 famílias recebem documentos definitivos de imóveis em Ji-Paraná

Zeni Moura, 61 anos, e João Ferreira, 59 anos, são mais dois dos 120 beneficiados que receberam os títulos definitivos dos imóveis onde moram em Ji-Paraná. A entrega do documento de titularidade de posse ocorreu na Câmara dos Vereadores de Ji-Paraná em solenidade presidida pelo governador Confúcio Moura, nesta sexta-feira (16).

Moradora na rua Imburana 111, no bairro Jorge Teixeira, Zeni Moura se diz agradecida ao governo estadual pelo documento que recebeu gratuitamente. “Agora a casa é nossa de fato e de direito. Estou muito contente hoje e agradecida a todos que me proporcionaram esse documento de graça”, disse Zeni Moura, que há 16 anos mora no mesmo endereço e afirmou que nunca teve condições financeiras de assumir as despesas para documentar o imóvel.

Aos 59 anos, João Ferreira trabalha como pedreiro e reside há 26 anos na rua Calama, no bairro São Francisco. Ele recebeu título definitivo do imóvel porque se enquadrou nos critérios exigidos pelo programa governamental. “Esse documento representa pra mim abertura de crédito mais barato nos bancos, pois serve como garantia de pagamento de financiamento. Significa, também, segurança”, falou o pedreiro.

Parceria

O programa Título Já é coordenado pela Superintendência de Desenvolvimento do Estado de Rondônia (Suder) em parceria com a Prefeitura de Ji-Paraná, Tribunal de Justiça (TJ/RO) e Associação dos Notários e Registradores do Estado de Rondônia (Anoreg). Só em Ji-Paraná, outras 6.500 pessoas já foram contempladas com o programa que tem a meta de contemplar 60 mil famílias em Rondônia.

“Este documento está sendo feito com várias mãos nas cidades rondonienses e nenhum outro governo o fez gratuitamente ao morador”, destacou o governador Confúcio Moura, enfatizado que com as parcerias firmadas o título é entregue gratuitamente a população carente. Em média, o custo da titularização de imóvel em Ji-Paraná chega à casa de R$ 2 mil.

O prefeito de Ji-Paraná Jesualdo Pires classificou a ação em conjunto com o governo e demais parceiros como eficiente. “O título representa a segurança jurídica que faltava aos proprietários de lotes urbanos de Ji-Paraná”, abreviou o prefeito.

Participação

A solenidade também contou com a participação do deputado federal Marcos Rogério; dos deputados estaduais Airton Gurgacz e Laerte Gomes; o vereador local Edilson Vieira representou os pares; do prefeito eleito de Ouro Preto D’Oeste, Vagno Panisoly; do superintendente estadual de desenvolvimento Basílio Leandro de Oliveira e do ex-deputado estadual Euclides Maciel, na época autor de emenda parlamentar que viabilizou regularização fundiária em Ji-Paraná.

Condimentos

Após a solenidade na Câmara de Vereadores, o governador visitou uma indústria de condimentos da cidade. Na indústria, foi recepcionado pelo industrial Eliseu Kieski, que apresentou toda a estrutura empresarial e detalhou os mecanismos de produção.

A indústria emprega diretamente 170 pessoas e comercializa 420 produtos nos mercados de Rondônia, Acre, Mato Grosso e Amazonas. “A maior parte das pimentas que trabalhamos são produzidas aqui em Rondônia”, detalhou o industrial ao governador.

Airton

Acompanhado dos deputados estaduais Airton Gurgacz, Laerte Gomes e Só na Bença, o governador fez um apelo aos parlamentares. “A partir de 2017 os deputados poderiam viabilizar emendas para investimentos no setor produtivo ampliando assim a oferta de matéria prima em Rondônia”, sugeriu o governador, referindo o incremento econômico do setor rondoniense.

Deixe uma resposta