Browse By

Dez projetos de sustentabilidade serão executados em 2017

Dez projetos de desenvolvimento sustentável para microrregiões de Rondônia foram apresentados em reunião de avaliação de resultados do governo, realizada pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Sepog), na tarde de sexta-feira (16), em Ariquemes, com secretários das unidades regionais e o governador Confúcio Moura. Entre os projetos  apresentados, se destacaram os de extrativismo sustentável, exploração do pirarucu, crescimento da produção cafeeira, turismo rural  de instalação de  fibra ótica e internet para os ribeirinhos.

Com base na exposição de dados apresentados pelos secretários de cada regional, Confúcio disse que os projetos  são grandiosos pela missão  de gerar emprego e renda, aquecendo a economia local, por um valor acessível ao estado, uma vez que serão desenvolvidos com mobilização e parcerias, por meio de associações e entidades do terceiro setor.

De acordo com Confúcio, o governo estadual é acostumado a trabalhar com grandes números, mas precisa  voltar para a grandeza dos pequenos números.  Ele afirmou que em 2017 vai abraçar  esses projetos e apoiar as associações e entidades do terceiro setor através de editais. “Estamos interessados em financiar os projetos, e espero que vocês não percam a capacidade da militância, da busca por parceiros, e não se acomodam”, alertou Moura.

Confúcio parabenizou a equipe da Sepog  pela visão  empreendedora, e disse  que os secretários regionais estão no caminho certo, o caminho de acesso ao desenvolvimento socioeconômico. “As grandes transformações começam com a persistência, com parcerias, busca por alternativa no âmbito de trabalho, transformando boas ideias em projetos  de acordo com a potencialidade da região”, frisou.

Ele também destacou a importância das unidades regionais para os pequenos produtores rurais na criação de associações,  instituições e cooperativas; e buscar inserção da tecnologia na vida dos  pequenos produtores rurais para que consigam acompanhar o desenvolvimento.

Deixe uma resposta