Browse By

Presidente da Associação Rural de Espigão agradece apoio da deputada Lúcia

Acompanhada pelo secretário de Estado da Agricultura, Evandro Padovani (Seagri) e o presidente da Câmara de Espigão do Oeste, Darci Kischener (PP), a deputada Lúcia Tereza (PP) visitou no sábado (17) o parque de exposição Laurindo “Chapéu de Couro” Fernandes durante a 1ª Feira do Frango e do Leite realizada pela Associação Rural de Espigão do Oeste.

O evento realizado com o apoio do governo do Estado através da Seagri foi a oportunidade, para centenas de produtores do setor da avicultura e do leite terem o contato com as novas técnicas introduzidas no mercado, para melhoria na produção e na qualidade dos produtos.

Durante os dias da feira foi realizado o curso teórico de Operador de Trator com a participação de 48 operadores, como palestras sobre cooperativismos e o agronegócio, manejo, cultivo e recuperação de pastagens degradadas. Também foram realizados cursos sobre a importância da inseminação artificial em vacas para a melhoria genética do plantel e a qualidade na produção de frango de corte.

O presidente da AREO, Nestor Romio, agradeceu a parceria pela emenda parlamentar no valor de R$ 50 mil para a realização do evento. “Assumimos a direção do parque recentemente e graças ao apoio da nossa deputada foi possível a realização desse evento para atender aos produtores do município”.

O presidente também agradeceu a colaboração do deputado Só na Bença (PMDB) que alocou emenda no valor de R$ 19.600,00 em apoio a 1ª Feira do Frango e do Leite em Espigão.

Ao falar da importância da mostra, a deputada Lúcia Tereza citou o potencial produtivo do município de Espigão do Oeste considerado a “Capital da Avicultura” no Estado e o 8º maior rebanho produtor de leite em Rondônia. “São potencialidades que devemos explorar com o auxílio de novas técnicas para extrair o máximo da produtividade e com qualidade nos produtos”.

Lúcia Tereza também agradeceu a parceria do secretário Evandro Padovani que tem sido um grande parceiro do setor da produção primária no município. “Espigão do Oeste tem grandes proporções de terras produtivas assim como mais de 2.300 km de estradas vicinais que interligam as comunidades no interior, são fatores que explorados com tecnologias e sustentabilidade colocam o município como um grande celeiro dentro do estado”, finalizou a deputada.

Deixe uma resposta