Browse By

Projeto na Câmara tem missão de fortalecer a indústria vilhenense

O presidente da Câmara de Vereadores Adilson de Oliveira (PSDB) em companhia do presidente da Cooperativa de Transportes de Rondônia – CTR Jorge Roberto Baumgratez, o “Marreta”, o presidente da ACIV Eloi Maria, a diretora administrativa da Câmara Ligia Martins e o empresário Patrick Zoche visitaram o secretário municipal de Planejamento Valdinei Campos na terça-feira (24). A reunião aconteceu no gabinete do secretário, no paço municipal, que convocou o engenheiro civil do município, Wesley Machado.

Em pauta, o asfaltamento do trecho de quase 3 mil metros, compreendido entre a BR-364, que inicia no Posto União, passa pela Baterias Zoche e finaliza no CTR. A obra visa estimular o crescimento da única fábrica de baterias da região norte, a empresa 100% vilhenense Baterias Zoche.

Arrecadação

Adilson salientou a extrema necessidade da realização da obra de asfaltamento. “O asfalto trará benefícios para o município ao incentivar a indústria e aumentar a arrecadação municipal. Para caber no orçamento de aproximadamente R$ 1,5 milhão, decidimos encurtar o trecho pela metade. Destaco aqui, o apoio do deputado estadual Luizinho Goebel que se comprometeu com o aporte de R$ 1 milhão e do deputado federal Expedito Neto que se comprometeu com a entrega de uma pá carregadeira e uma caçamba para realizar paliativos na área até a concretização da obra”, pontuou Adilson, presidente da Câmara.

Certificação

O empresário Patrick Zoche sofre com a falta de asfalto devido a que o barro e a poeira dificultam o trabalho de manter a certificação necessária e inerente ao ramo de baterias. “Não consigo vender porque o produto não chega limpo devido à poeira. Tem que molhar duas vezes ao dia com caminhão pipa. Constantemente, é necessário adiar as auditorias para conseguir achar uma solução. A empresa é um cartão de visita para a cidade”, ponderou o empresário.

Ciente da importância que a indústria tem para o aquecimento da economia local, o secretário Valdinei Campos se comprometeu com dar celeridade e urgência à confecção do projeto dentro dos padrões técnicos exigidos. “Devemos incentivar empresas que fomentam a arrecadação do município. A iniciativa de cortar o projeto pela metade para se adequar ao orçamento mostra que estão trabalhando para fazer acontecer”, asseverou Campos.

Concreto armado

O engenheiro civil Wesley Machado conhece a área onde será realizada a obra e sugeriu o uso de concreto armado nos pontos críticos do trecho, como a curva do Zoche e a entrada da CTR, que sofrem com o peso da carga transportada e com as manobras dos caminhões. “Visitei a área das vezes. Além de dar especial atenção aos pontos críticos, já conheço por onde será feita a drenagem das águas pluviais”, explicou o engenheiro.

Aproveitando a visita, o presidente da ACIV, Eloi Maria, pôs a entidade à disposição e reforçou a importância que a indústria de baterias e a CTR têm para a economia local.

Para finalizar, Adilson, convidou o secretário para visitar a Cooperativa de Transportes de Rondônia – CTR e acompanhar o movimento dos 189 associados com mais de 600 caminhões.

Deixe uma resposta