Browse By

Historiador provoca uma viagem pelo tempo em homenagem

Com o auxílio de recursos audiovisuais e explorando as percepções através da técnica de ensino denominada imersão guiada, o historiador e professor Aleks Palitot (PTB), imprimiu sua marca ao homenagear sua cidade natal durante comemorações dos 102 anos de Porto Velho. O evento promovido pela Prefeitura de Porto Velho foi realizado no último dia 24, na Praça da Estrada de Ferro Madeira Mamoré.

De acordo com dados oficiais da Defesa Civil Municipal, cerca de 40 mil pessoas passaram pelo local no decorrer do dia para prestigiar a festa, que culminou com o hasteamento da bandeira e o abraço simbólico dos galpões.

Com recursos tecnológicos utilizados para remeter o público a recordações sensoriais, o professor Aleks Palitot conduziu os presentes, que em dois momentos do dia, às 10h30 e às 16h15, puderam presenciar uma aula lúdica. Sons amazônicos, gritos da floresta, o apito da Maria Fumaça foram alguns dos estímulos que levaram os presentes a um porto em edificação.

Viagem no tempo

Emocionados, alguns mais antigos que testemunharam a história e também participavam desta viagem no tempo trouxeram ermas lembranças já há muito esquecidas. Foi o caso de Dona Cléia de 72 anos que relembrou os passeios de trem em seu tempo de menina.

Promovida pela refeitura e toda sua equipe entre elas a Fundação Cultural comandada por Ocampo, e a Secretaria Municipal de Esportes, através de Ivonete  Gomes que fizeram com que a família portovelhense se reencontrasse no local de origem da cidade.

Intensidade

“Algo que há muito tempo não se via, a valorização da história e ao mesmo tempo a presença da família no parque do complexo ferroviário. Mais de dez mil pessoas unidas vivendo a história com intensidade, tendo eventos culturais, shows musicais, lazer para as crianças. Nós conseguimos perceber a partir daquele momento Porto Velho com algo a comemorar”, afirma Palitot.

“Fico feliz que o evento tenha sido um sucesso e espero que outros possam vir com a mesma magnitude, e nós estaremos aqui, sempre prezando pela conservação do patrimônio público”, garante Palitot.

Deixe uma resposta