Browse By

Porto Velho intensifica a poda de árvores em risco de cair

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema) deu início a uma ação de diagnóstico preventivo das árvores mais antigas plantadas ao longo das avenidas, para evitar acidentes e oferecer mais segurança à população. Por orientação do prefeito dr Hildon Chaves, a Subsecretaria Municipal de Serviços Básicos  (Semusb) participa da ação com a retirada e limpeza dos resíduos da vegetação.

O alvo da operação são árvores localizadas em vias públicas, escolas, postos de saúde, praças e ocorre em todo o perímetro urbano. A preocupação do prefeito é que possa ocorrer eventuais acidentes em função das fortes chuvas deste período amazônico.

Frondosas

“Muitas árvores que estão com as copas demasiadamente frondosas prejudicam as fiações da rede elétrica e de telefonia. Outras acabam sucumbindo à força do vento e caem, obstruindo vias e prejudicando o trânsito. A prefeitura vem fazendo esse serviço preventivo no final de semana, quando há uma menor movimentação de carros e transeuntes. Com a poda das árvores realizada adequadamente por técnicos da Sema, até a iluminação pública se torna melhor”, explicou dr Hildon.

Segundo Telêmaco Lins, responsável pelas podas urbanas, o trabalho é desenvolvido dentro de um padrão técnico, seguindo normas de corte das árvores. “Temos que realizar um trabalho muito técnico que não prejudique a árvore, pois a intenção é a de que, com a chegada do tempo mais quente, as copas destas árvores estejam restabelecidas de modo a oferecer melhor qualidade térmica ao passar pelas calçadas. As árvores são fundamentais para ajudar a refrescar o forte calor”, observou Lins.

Residências

Os moradores também podem podar as árvores em suas residências, desde que solicite e receba autorização da Sema. Para solicitar a autorização, deve se dirigir a secretaria e preencher a solicitação. Em seguida, engenheiros e técnicos irão até a residência verificar a situação. Após a vistoria é emitido ou não a autorização de poda. Sem essa tramitação, não é permitido podar ou retirar árvore, ou pode ficar sujeito às penalidades previstas no Código de Meio Ambiente do município.

Carnaval

A expectativa é trabalhar em cerca de 150 árvores até o Carnaval para garantir a segurança dos blocos carnavalescos e a passagem tranquila nos roteiros de Carnaval. A Secretaria alerta a população para eventiais transtornos, vez que, para segurança dos operadores, muitas vezes é preciso fechar o trânsito e isolar a área. A equipe utiliza uma caçamba, uma camionete e uma Kombi, além de equipamentos como motobomba, triturador, motoserra, facão e serrote.

Deixe uma resposta