Browse By

Deputado Lazinho destaca aprovação do PAA Rondônia

O deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT) manifesta sua satisfação com a aprovação do Projeto de Lei 572/2017, que institui o Programa Estadual de Aquisição de Alimentos de Rondônia – PAA Rondônia, durante Sessão Ordinária da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (07).

O PAA Rondônia é uma proposição do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), com objetivo de fomentar a produção da agricultura familiar e demais atividades econômicas, e atende a uma reivindicação dos trabalhadores rurais na agricultura familiar pautada no Grito da Terra Estadual, maior mobilização de reivindicação e proposição de políticas públicas para a categoria coordenada pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Rondônia (Fetagro) e Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs).

Para o deputado uma importante iniciativa do governo, defendida pela Assembleia Legislativa, em reconhecimento e valorização a agricultura familiar que impulsiona a economia do Estado. E uma valiosa conquista da organização e luta do movimento sindical.

“O PAA Rondônia visa a melhoria da renda, a segurança alimentar, a merenda escolar e fortalece as organizações ligadas a agricultura familiar. A compra dos produtos faz com que as cooperativas de produção se organizem. É um instrumento de geração de renda e melhoria da qualidade de vida no campo.”

O deputado Lazinho parabeniza os agricultores, a Fetagro e os Sindicatos pela luta na busca do fortalecimento da agricultura, bem como ao Governo do Estado pela atenção com o setor por meio deste Programa.

“Fico feliz por esta ação e me comprometo em continuar lutando junto para a efetivação do PAA Rondônia e pela organização da produção”.

Simultânea

O PAA Rondônia é constituído na modalidade compra e doação simultânea e atenderá as necessidades dos agricultores familiares, núcleos de produção agrícola, bem como as necessidades de segurança alimentar e nutricional do Estado, no sentido de fortalecer a agricultura familiar, povos e comunidades tradicionais, promovendo a sua inclusão econômica e social com sustentabilidade no campo; incentivará o consumo e a valorização dos alimentos produzidos pela agricultura familiar.

Deixe uma resposta