Browse By

Acusado de matar ex-prefeito de Andreazza tem habeas corpus negado

Diego Brites Rego, acusado de matar Neuri Carlos Presch, ex-prefeito do município Ministro Andreazza, teve o pedido de liberdade negado, em habeas corpus, pelos desembargadores da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia.

De acordo com o voto do relator, desembargador Daniel Lagos, da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Rondônia, a vítima estava sofrendo ameaças pelo acusado e Laercio, os quais pertencem a uma família influente no município Ministro Andreazza.

Essas ameaças levaram a esposa de Neuri a registrar uma ocorrência policial no dia 13 de julho de 2015. As ameaças seriam em razão de a vítima ter apoiado a oposição na escolha do Presidente da Câmara de Vereadores do referido município.

Liberdade provisória

Após a prisão determinada pelo Juízo da 1ª Vara Criminal da Comarca de Cacoal, Diego, por meio de sua defesa, ingressou com habeas corpus no Tribunal de Justiça, onde pediu sua liberdade provisória sob alegação de que não haveria fundamentação para manutenção de sua prisão temporária.

Além disso, sustentou também, não haver indicativo que o acusado pudesse colocar em risco a ordem pública, assim como prejudicar a instrução processual (audiência, depoimento de testemunhas, entre outros).

Para o relator, “a medida é necessária para o aprofundamento da investigação policial, haja vista que, somente assim, as testemunhas se sentirão seguras o suficiente para colaborarem com as investigações, pois os pacientes são temidos pelas testemunhas do fato, portanto, denota-se a presença inconteste dos requisitos ou pressupostos para embasar a prisão temporária do paciente”. E, “portanto, o fundamento da medida (prisão) está presente, é específico e correto, não configurando, em absoluto, o constrangimento ilegal.”

Crime

Neuri Carlos Persch foi assassinado a tiros na noite de 4 de janeiro deste ano, quatro dias depois deixar o cargo. Neuri, no dia do crime, estava perto da casa da mãe, quando dois homens em uma moto se aproximaram e efetuaram os disparos que acabaram lhe atingindo. O ex-prefeito não suportou aos ferimentos e acabou morrendo antes de chegar ao Hospital.

Neuri estava com 48 anos e havia sido nomeado secretário de planejamento da prefeitura de Cacoal.

Deixe uma resposta