Browse By

Edson Martins pede início do ano letivo imediato na escola Flora Calheiros

O deputado Edson Martins (PMDB) indicou ao governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), a necessidade de realizar o início do ano letivo na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Flora Calheiros, em Porto Velho.

O parlamentar ressaltou que tomou conhecimento de que, desde dezembro do ano passado, a instituição de ensino passa por reforma de ampliação e até a presente data, as obras não foram concluídas, prejudicando o retorno das aulas a mais de três mil alunos matriculados para 2017.

“O governo precisa iniciar o ano letivo na escola Flora Calheiros imediatamente, que já se encontra em estágio avançado de ensino, inclusive, para que não haja prejuízos aos estudantes matriculados. A educação é um direito fundamental desses alunos”, declarou Edson Martins.

Investimentos

Acompanhando as ações que viabilizem os investimentos de infraestrutura em Rondônia, o deputado Edson Martins (PMDB) acompanhou na manhã desta quinta-feira (6) a comitiva do Dnit que está avaliando as condições da rodovia federal BR 364.

A convite do Senador Valdir Raupp (PMDB) e da deputada federal Marinha Raupp (PMDB), o diretor geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Valter Casimiro Silveira, iniciaram a avaliação técnica para verificar as atuais condições de tráfego e segurança da BR 364. Também participa da comitiva o prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires (PSB).

A comitiva de parlamentares e do Dnit saiu do município de Candeias do Jamari com destino às cidades de Itapuã do Oeste, Ariquemes, Ji-Paraná e outras cidades do interior, que são cortadas pela rodovia federal.

O deputado Edson Martins considerou importante a avaliação técnica iniciada pelo diretor do Dnit. “Essa é a nossa principal rodovia federal e todos os municípios dependem desse importante eixo de ligação com o restante do país. Precisamos da recuperação urgente da BR 364 para garantir a viabilidade econômica dos municípios”, destacou.

Deixe uma resposta