Browse By

Vacinação contra aftosa em Rondônia começa neste sábado

O prazo para pecuaristas vacinarem seus rebanhos bovino e bubalino contra a febre aftosa começará no próximo dia 15 e segue até 15 de maio, tendo até 22 de maio para fazer a declaração da vacina na Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron). A 42ª Etapa de Vacinação contra a Febre Aftosa será lançada nesta terça-feira (11), às 9h, no Espaço Alternativo em Rolim de Moura, durante a Rodada de Negócio da 6ª Rondônia Rural Show.

Devido à inversão de calendário de vacina, nesta campanha todos os bovinos e bubalinos devem ser imunizados. Já na etapa de outubro/novembro serão vacinados apenas os animais com até 24 meses. A inversão do calendário foi uma solicitação dos pecuaristas através da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Rondônia (Faperon).

Imunizados

Nesta etapa, a expectativa é que sejam imunizados 13,6 milhões de animais em mais de 94 mil propriedades rurais do estado. O produtor que não vacinar poderá ser multado em R$ 163,02 por animal não vacinado e obrigado a vacinar com a presença de um fiscal da Idaron. Quem vacinar e não declarar será multado em R$ 163,02 por propriedade.

“Estamos caminhando para que Rondônia seja área livre de vacinação contra febre aftosa, mas até lá precisamos continuar vacinando para provarmos que nosso rebanho é sadio”, disse o presidente da Idaron, Anselmo de Jesus.

O presidente também informou que todo o Brasil e os países vizinhos estão discutindo a retirada da vacina. “Estamos debatendo como será feita essa retirada. Por enquanto, todos concordam que será de forma gradual a partir de 2019 até 2026”, explicou.

Rondônia tem o sexto maior rebanho bovino do País, e  desde 1999 não registra caso de febre aftosa.

Deixe uma resposta