Browse By

Detran de Rondônia implanta QR-code nas CNHs

O Governo do Estado de Rondônia, através do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RO), iniciou na última terça-feira (2), a emissão das carteiras de habilitação com o código QR Code. O código é impresso no verso do documento, e é válido em todo o território nacional. A medida garante maior autenticidade ao documento e facilita sua verificação junto aos agentes de trânsito.

O Detran-RO está cumprindo a Resolução 650, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), de 10 de janeiro deste ano, que altera o layout da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), acrescentando requisitos de segurança. A normativa foi regulamentada pela Deliberação 162, do Contran, publicada no Diário Oficial da União do último dia 28 de abril e já está em vigor. O regulamento altera a Resolução 598, do Contran, de 24 de maio de 2016, passando a incluir código de barras bidimensional (Quick Response Code – QR Code).

Essa medida não acarretará nenhum reajuste de valores do documento para os usuários. Também não haverá exigência de substituição para CNHs antigas. O modelo com QR Code será disponibilizado para todos os novos documentos emitidos a partir deste mês, informa o Diretor Técnico de Habilitação e Medicina do Trânsito, Acássio Figueira.

Mais rápidos

“O Detran está investindo fortemente em tecnologia e capacitação de servidores e desburocratização. Como resultado disso, começou a emitir carteiras de habilitação em menos de uma hora, dando destaque a Autarquia por ter um dos sistemas de emissão de habilitação mais rápidos do Brasil ”, complementa  Acássio Figueira.

Com a implantação do QR Code nas CNHS, agentes de fiscalização e população, utilizarão aplicativos da Serpro (Lince) para efetuar a leitura do QR Code das carteiras de habilitação, onde poderá checar a autenticidade, dados e foto do condutor. A expectativa do Detran-RO é reduzir o número de fraudes no documento, haja vista que o código bidimensional conectará diretamente a CNH ao Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach), sem a necessidade de se digitar informações.

Hoje a CNH é um dos principais documentos de identificação, que chega a substituir até mesmo a Identidade e CPF, utilizada além da esfera do trânsito, como também no comércio,  por isso, precisamos de mecanismo tecnológicos de segurança para evitar fraudes e prejuízos para população. Essa nova CNH chega para dificultar possíveis adulterações e garantir agilidade, segurança e rigor nas fiscalizações. “Essas checagens de autenticidade serão efetuadas por aplicativos em smartfones, tanto por agentes de transito, comércio e população em geral”, disse José de Albuquerque Cavalcante – Diretor Geral do Detran – Rondônia.

Deixe uma resposta