Browse By

Hospital Regional de Extrema vai passar por revitalização

Para ampliar ainda mais o modelo de atendimento humanizado, implantado pelo governo de Rondônia, o Hospital Regional de Extrema (HRE) – que funciona como retaguarda para as unidades de saúde de Porto Velho – vai passar por obras de revitalização: pintura, pequenos reparos na estrutura, ambiência, melhoria nas instalações elétricas e hidráulicas.

O anúncio foi feito pelo secretário estadual de Saúde, Williames Pimentel, durante reunião com o diretor-geral da unidade de saúde do distrito pertencente à capital, Antônio Medeiros. A obra está orçada em R$ 104 mil, e deve ser concluída em 60 dias.

De acordo com o secretário Pimentel, o HRE é fundamental para a estratégia adotada pelo governo estadual para descentralizar o atendimento e desafogar as unidades de Porto Velho. Ele citou que o número de exames por imagens – de média e alta complexidades – cresceu 11,38% ano passado na undiade.

Estatísticas

Os dados foram divulgados pelo setor de estatísticas da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau). Os serviços, ofertados por meio SUS, atenderam a duas cidades: Nova Mamoré e Guajará-Mirim, além de todos os distritos da Ponta do Abunã. Isso, de acordo com o secretário, faz da HRE peça importante na estrutura adotada pelo estado.

Segundo o relatório, no total, 5.203 exames foram realizados pela unidade de saúde em 2016. Ela funciona como “filtro” do sistema na capital, servindo de retaguarda para o Hospitais de Base Ary Pinheiro e João Paulo II. “Os resultados comprovam a eficácia do programa de descentralização do atendimento implantado pelo governo de Rondônia”, destacou o secretário.

Deixe uma resposta