Browse By

Ji-Paraná: Prefeitura inicia construção de 10 leitos de UTI

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), deu inicio à construção de uma nova ala no Hospital Municipal, Dr. Claudionor Roriz, onde funcionarão 10 leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). O investimento é de R$ 1 milhão, proveniente de emenda parlamentar do senador Acir Gurgacz (PDT) para a construção da estrutura física e mais R$ 1.159 milhões para a aquisição de equipamentos, por meio de emenda parlamentar.

A previsão é que até o segundo semestre de 2018, a UTI esteja funcionando. Para isso o município garantiu também recursos de R$ 210 mil por mês para custear as despesas da UTI, através do Ministério da Saúde.

Leitos

Para o secretário da Semusa, Renato Fuverki, depois que a unidade estiver pronta, o desafio será manter os leitos em funcionamento, o que custa caro aos cofres públicos. “Nós estamos planejando tudo para que quando a obra ficar pronta, tenhamos disponíveis os equipamentos e o recurso para que possamos manter a unidade funcionado. Esse investimento causará um impacto positivo para a saúde do município, pois considerando que Rondônia tem hoje 180 leitos de UTI, estamos acrescentando seis por cento de leitos a mais no Estado”, explicou.

Parceria

O secretário informou ainda que mesmo com a implantação dos leitos de UTI no HM, o Governo do Estado continuará mantendo a parceria com o hospital particular HCR que disponibiliza a UTI, através do Sistema Único de Saúde (SUS). “A demanda é sempre crescente, nós precisamos ampliar cada vez mais esse atendimento a população”, disse Fuverki.

O projeto de ampliação do Hospital Municipal conta ainda com um Centro de Diagnóstico por Imagem, Centro de Parto Normal, Laboratório de Análises Clínicas, Pronto Socorro Infantil, ala administrativa onde funcionará o setor de Serviço de Estatística Médica e Arquivo (SAME), reforma e adequação da Geriatria e Ambulatórios e ampliação da cozinha e do refeitório do hospital. Todas essas obras já estão em andamento.

Deixe uma resposta